Buscar
  • Instituto de Garantias Penais

Ganhadores do 1º prêmio IGP de jornalismo e Justiça.

O Instituto de Garantias Penais IGP tem a honra de anunciar os ganhadores do 1º prêmio IGP de jornalismo e Justiça.

O concurso, voltado para jornalistas profissionais, premiou as três melhores reportagens de 2020, que destacaram decisões da Justiça sobre a liberdade, garantias fundamentais e o Estado democrático de Direito.


A Jornalista Adriana Bernardes leva o prêmio de R$ 10.000,00 pela reportagem publicada no jornal Correio Braziliense.

A repórter ouviu depoimentos de mulheres cis e trans sobre como é ser mulher e ter direitos básicos negados. Numa série de reportagens, mostra como é viver sob risco de vida pelo simples fato de serem mulheres.


Para acessar a reportagem completa, clique aqui


Veja abaixo comentários do Júri:




O jornalista Rafael Pinto Soares leva o prêmio de R$ 15.000,00 pela reportagem publicada nos jornais Extra e O Globo.

O jornalista analisou centenas de ações por prisões ilegais e concluiu que, em cinco anos, o Estado do Rio foi condenado a pagar R$ 2,3 milhões em indenizações a 78 pessoas. Há casos até́ de vítimas confundidas com seus algozes.


Para acessar a reportagem completa, clique aqui


Veja abaixo comentários do Júri:







O jornalista Marcelo Canellas leva o prêmio de R$ 20.000,00 pela reportagem exibida no programa fantástico.


O repórter mostrou o sofrimento de uma vítima de erros judiciais, condenada e presa por crimes que não cometeu, e o trabalho de advogados voluntários para provar a inocência.


Para acessar a reportagem completa, clique aqui


Veja abaixo comentários do Júri:







A direção do Instituto de Garantias Penais (IGP) registra menção honrosa e parabeniza o jornalista Rafael Vianna Cabral Paiva e o Clube Náutico Capibaribe pela campanha Vidas Negras Importam, na qual reconhece o passado racista do clube e faz um importante registro histórico.


Para acessar o material completo, clique aqui

"O IGP, ao lançar esse prêmio, reforça seu apoio ao trabalho do jornalismo isento e da justiça na garantia de direitos fundamentais. O número alto de inscrições e a excepcional qualidade dos trabalhos mostram que a imprensa brasileira é um importante elemento na luta diária de todos nós pelo Estado democrático de Direito e que terão sempre no IGP um parceiro", diz o presidente do IGP, o advogado Ticiano Figueiredo.

O IGP agradece a todos que acompanharam e participaram do Primeiro Prêmio IGP de Jornalismo e Justiça.




86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

SOBRE

Brasília-DF 
Contato/Whatsapp: (61)3710-5188 
contato@institutodegarantiaspenais.com 

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

© 2019 IGP - Instituto de Garantias Penais. Todos os direitos reservados.